Investimento na comunidade da Mata do Silvano

             A Comunidade da Mata do Silvano possuía um poço com vazão de 0,500 m³/h que não atendia as demandas do local, sendo elas da comunidade e da Escola Municipal Francisco Alves Pereira. Além disso, o esgoto da Escola corria a céu aberto.

             Para sanar tal problema, o DAEPA custeou a perfuração de um novo poço tubular de 92 metros próximo à Escola, o qual apresentou uma vazão de 11,5 m³/h, bem como a instalação do painel elétrico para funcionamento do mesmo. Além disso, foi construída laje para a proteção sanitária do poço, bem como o cercamento do mesmo com alambrado.

silvano (1)

             Para atender a demanda da Escola, foi instalada fossa séptica para solucionar o problema, a qual já está em funcionamento.

silvano (2)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.